Jet Lag – Saiba como evitar

Jet Lag é o nome dado as alterações físicas causadas por mudanças de fuso horário, após longas horas viajando ou esperando uma conexão.  

Resolvi escrever sobre este tema pois eu passei por isso em novembro passado, após um voo para Atenas com conexão em Abu Dhabi totalizando 27 horas. Na janelinha do avião o sol brilhava forte, mas eu me sentia esgotada. Tentava dormir e não conseguia, e acabei chegando ao destino muito exausta.

 

Por que isso ocorre?
O corpo humano possui seu ritmo biológico baseado em um ciclo de 24 horas, chamado ciclo circadiano. Uma das principais funções deste ciclo é ajustar o relógio biológico controlando principalmente sono e apetite.  Este ciclo é influenciado pela variação da luz, temperatura, correntes marítimas e eólicas. Uma súbita mudança para uma zona horária diferente, interrompe o funcionamento normal deste ciclo trazendo diversos transtornos ao organismo e alterações das funções corporais. 
Principais sintomas:
  • Cansaço
  • Diminuição dos reflexos
  • Dificuldade de concentração
  • Dores de cabeça
  • Alterações de memória
  • Náusea 
  • Dores no corpo
  • Alterações no apetite
  • Sono em excesso ou insônia
  • Irritabilidade
Dicas para evitar o Jet Lag:
Antes do voo: 
  • Durma bem na noite anterior a sua viagem. Estando bem descansado, você terá mais disposição para enfrentar longas horas viajando;
  • Deixe seus documentos, bagagens, etc, organizados com antecedência, para não haver correria e estresse no dia da viagem;
Durante o voo:
  • Se sua viagem for curta, não altere seu relógio. Procure se alimentar e dormir no horário de costume;
  • Se a viagem for longa, procure se adaptar o mas rápido possível ao horário de destino. Desta forma você já vai preparando seu organismo para o novo horário;
  • Evite alimentos pesados e bebidas alcoólicas. Procure se hidratar bem;
  • Movimente-se durante o voo.
Chegando ao destino:
  • Passe o maior tempo possível exposto a luz natural. isso vai ajudar seu organismo a se adaptar mais rapidamente ao novo local;
  • Procure dormir bem na primeira noite após chegada ao destino;
  • Evite atividades exaustivas nos dois primeiros dias após chegada, para que seu corpo tenha tempo de se adaptar ao novo ritmo;
  • Não troque o dia pela noite.
 
Os sintomas podem variar de pessoa para pessoa, mas em geral duram até 72 horas. Se mesmo seguindo estes conselhos você ainda se sentir exausto, respeite seu corpo e descanse. Assim você vai poder curtir melhor suas férias.

 


Alessandra Maróstica

Mãe, esposa, paulistana (da Mooca), fisioterapeuta, pianista e travelholic. Apaixonada por fotografia, gastronomia e por viver experiências culturais diferentes. Visitou 16 países e está sempre em busca do próximo destino.

Deixe uma resposta