Chama Olímpica passa pela Mooca

Ontem (24/07) foi a vez da cidade de São Paulo receber o revezamento da Tocha Olímpica. A cerimônia começou no Parque da Independência no Ipiranga e percorreu diversos bairros. A Mooca foi um deles.

A viagem da chama começou em 21 de abril, em Olímpia, na Grécia, cidade-berço dos Jogos Olímpicos. Chegou em Brasília no dia 3 de maio para o início do revezamento que vai passar por todos os estados brasileiros, terminando no dia 5 de agosto no Rio de Janeiro, cidade sede dos Jogos de 2016.

Ruas da Mooca recebem o revezamento da Tocha Olímpica (Foto: Alessandra Maróstica)
Ruas da Mooca recebem o revezamento da Tocha Olímpica (Foto: Alessandra Maróstica)

O comboio passou pela Avenida do Estado, Viaduto São Carlos, Rua Sarapui, Rua Canuto Saraiva. A partir da Rua Visconde de Inhomerim, seguiu a pé por cerca de 4 km, passando pela Avenida Paes de Barros, Rua da Mooca, Rua João Antônio de Oliveira, Rua Almirante Brasil, Avenida Alcântara Machado (Pista local), Viaduto Alcântara Machado e Rua da Figueira, seguindo o percurso pelas outras localidades num total de 54 km na cidade de São Paulo.

Ficamos na Rua da Mooca. Nós chegamos cedo e garantimos um bom lugar para assistir a passagem da Tocha.

Aguardando a chegada da Tocha Olímpica na Mooca (Foto: Alessandra Maróstica
Aguardando a chegada da Tocha Olímpica na Mooca (Foto: Alessandra Maróstica

 

Aos poucos o número de pessoas foi aumentando, e na hora da passagem da Tocha o local estava lotado. Minutos antes da chegada da Tocha Olímpica, os patrocinadores passaram distribuindo pequenos brindes para as pessoas.

Patrocinadores distribuindo brindes para o público (Foto: Alessandra Maróstica)
Patrocinadores distribuindo brindes para o público (Foto: Alessandra Maróstica)
Aguardando a passagem da Tocha (Foto: Alessandra Maróstica)
Aguardando a passagem da Tocha (Foto: Alessandra Maróstica)

 

O campeão olímpico do vôlei Giovane Gávio, marcou presença no evento. Super simpático, deu um tchauzinho para a minha foto!

Giovane Gávio na Mooca (Foto: Alessandra Maróstica)
Giovane Gávio na Mooca (Foto: Alessandra Maróstica)

 

Campeão Olímpico Giovane Gávio na Mooca (Foto: Alessandra Maróstica)
Campeão Olímpico Giovane Gávio na Mooca (Foto: Alessandra Maróstica)

 

E o momento tão esperado, a passagem da Chama Olímpica. A Tocha possui um  belo design que remete ao céu, o mar, as montanhas, o solo e o sol, representados nas curvas do desenho e nas cores da bandeira nacional.

Infelizmente não consegui os nomes dos condutores da Tocha na Mooca. Se alguém souber, me mande nos comentários que eu acrescento aqui no post.

 

tocha_olímpica_na _mooca
Momento da passagem da Chama Olímpica na Mooca (Foto: Alessandra Maróstica)

 

tocha_olímpica_na _mooca
Um dos condutores da Tocha Olímpica na Mooca (Foto: Alessandra Maróstica)

Considerações finais

A Tocha é o símbolo maior dos Jogos Olímpicos, e deveria ser motivo de orgulho para nós brasileiros, mas sabemos que não é bem assim…  Como a maioria do povo, eu também acho que não era o momento para o Brasil sediar uma Olimpíada. O dinheiro gasto com os Jogos, seria muito melhor aproveitado em saúde, educação e segurança para os brasileiros. Mas se algo deveria ter sido feito para impedir, era lá atrás, na hora de escolher o país sede. Não temos como voltar no tempo, e a Olimpíada vai acontecer.

Nos resta torcer pelos nossos atletas e para que tudo ocorra bem e em paz!


Assista o vídeo:




Alessandra Maróstica

Mãe, esposa, paulistana (da Mooca), fisioterapeuta, pianista e travelholic. Apaixonada por fotografia, gastronomia e por viver experiências culturais diferentes. Visitou 16 países e está sempre em busca do próximo destino.